Pular para o conteúdo principal

Bonecas de Papel.

Antigamente, meninas costumavam brincar também com esses tipos de bonecas e, sinceramente, era interessante e divertido (pra quem brincou!) montar as bonecas de papel e brincar com as coleguinhas.


Mas, vamos conhecer um pouco da história dessas bonecas e a importância da arte nelas.




"As bonecas de papel com suas roupinhas recortáveis e montáveis, como hoje as conhecemos, começaram a ser difundidas na América do Norte e Europa a partir dos anos de 1910, em suplementos de propaganda e revistas. Dirigiam-se tanto às crianças quanto às mulheres, com temas talvez mais específicos para cada idade: para as meninas, réplicas infantis e, para as últimas, as tendências da moda. Fala-se até de uma "época de ouro" das bonecas de papel. Teria começado a partir dos anos 30 e se estenderia até os anos do pós-Segunda Guerra; eram muitíssimo populares porque o papel tornara-se um produto acessível, bem mais barato que nos anos anteriores e o estrondoso sucesso em todas as casas eram as bonecas de celebridades, principalmente das estrelas do cinema.

Podia-se construir todo um Olimpo só com as divas de Hollywood em kraftpaper. De um lado, as modelos; uma Marilyn Monroe de roupas íntimas à moda da época (aqueles sutiãs torcidos no meio eram bárbaros), pinta junto da boca e, na página ao lado, seus figurinos com pequenas abas para dobrar e prender. Numa época onde as Barbies eram um luxo ao alcance de quase ninguém, poucas coisas deviam ser mais divertidas para as meninas, moças ou donas de casa quanto vestirem suas bonecas da Rita Hayworth como Gilda ou enfileirarem suas coleções da Dior em miniatura.
O ilustrador americano Donald Hendricks, especializado em desenhos de moda, é o responsável por uma série de paperdools que vão direto à inspiração dos 50's para compor essas belas peças vintage que apresentamos logo aqui abaixo: Christian Dior, Grace Kelly, Rita Hayworth, uma adorável Frida Kahlo e mesmo a presidenciável Hillary Clinton."


Gostou? Quer ver mais bonecas e mais sobre esta matéria? Confira no site abaixo!

FONTE: http://blog.uncovering.org/archives/2008/03/bonecas_de_papel.html

Pesquisa: Waleska F. Soares

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…