Pular para o conteúdo principal

Museus Virtuais

Um material artístico riquíssimo está sendo disponibilizado através de alguns Museus Virtuais. Aqui posto uma lista dos museus com materiais disponíveis. Excelente fonte de pesquisa para professores, estudantes e artistas.


Museus virtuais expõem telas de Tarsila e esculturas de Rodin

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Divulgação
tela "A Negra", de Tarsila do Amaral
MAC exibe tela "A Negra", de Tarsila, durante visita virtual

Uma visita virtual aos principais museus da cidade de São Paulo oferece surpresas, e tudo no conforto do lar. Além de poder ver as obras sem se preocupar com o tempo, há informações mais completas que dificilmente são lidas com cuidado e a atenção devida em uma visita real.

O material on-line também tem uma outra vantagem: ampliadas, é possível ver detalhes de várias obras. Se não der tempo de ver todas, basta gravar o endereço no computador para retomar o passeio em qualquer outro dia.

MAC (Museu de Arte Contemporânea da USP)
O catálogo digital traz informações sobre os artistas e imagens de suas obras. Os destaques ficam para as telas de Tarsila do Amaral e José Roberto Aguilar e obras de Abraham Palatnik.
Faça seu passeio virtual aqui.

MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo)
Um grande acervo virtual do museu está à disposição, mas não dá para ampliar as imagens e faltam algumas delas. Há gravuras de Lívio Abramo, fotos de Claudio Edinger e instalações de Ana Maria Tavares, entre outros.
Faça seu passeio virtual aqui.

Masp (Museu de Arte de São Paulo)
Um dos mais importantes museus da cidade de São Paulo disponibiliza um acervo virtual com informações bem completas das obras e imagens que podem ser ampliadas. Há também coleções de pratos e jarras da Itália e da França.
Faça seu passeio virtual aqui.

Pinacoteca do Estado de São Paulo
O acervo virtual está catalogado em ordem alfábetica, com informações sobre dimensão das obras e técnicas. As imagens podem ser ampliadas, como é o caso das nove esculturas de Auguste Rodin.
Faça seu passeio virtual aqui.

Universia
Não é um museu, mas um site que reúne exposições antigas ou visitas virtuais a alguns museus da cidade de São Paulo que não possuem o recurso do on-line.
Faça seu passeio virtual aqui.


Disponível em: http://guia.folha.com.br/exposicoes/ult10048u740484.shtml

Karlene Braga

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…