Pular para o conteúdo principal

Nascidos em Bordéis!

Assisti este filme na aula da disciplina de Teoria do Ensino das Artes Visuais do Mestrado em Ensino das Artes Visuais UFPB/UFPE e me apaixonei, além de ser um história de vidas reais de crianças da Índia, possue uma educação pela arte da fotografia que envolve o cotidiano da infância daquelas crianças que participaram do projeto. Já adquiri o DVD do filme para meu acervo particular, vale muito a pena!

Fotografia de um dos meninos:Aivijit Bucket, documentário Nascidos em Bordéis.

Discutimos muitas questões interessantes acerca desta produção audiovisual e percebemos questões com contrapontos, como por exemplo, o sistema/indústria audiovisual por trás da produção, já que o projeto sendo veiculado na mídia teve uma grande visibilidade, mas que ofereceu também vários beneficíos aqueles envolvidos diretamente na trama. Esta questão do "estrangeiro bonzinho" que vem para ajudar e depois vai embora, foi mencionada em nossas discussões, mas, tratando-se específicamente deste projeto, vemos que não aconteceu desta forma, a fotografa Zana Briski não tinha a intenção de ser ''salvadora'' no nosso ponto de vista. Posteriormente ela cria uma fundação de apoio, e continua o trabalho já iniciado com o filme.

O que mais me chamou atenção é a maneira de articular as idéias das crianças, elas parecem livres quando estão fotografando, e as interpretações sobre as fofografias que visualizam são espontâneas e bastante interessantes...Só assistindo para entender...

Com relação a questão educativa, o que paira no ar é a contextualização destas crianças no seu mundo, através da arte, e a maneira como a fotografa trás esta realidade para eles.

Muito bom!Eu recomendo muito!
Assistam e depois comentem!
Este ganhador do Oscar, mostra a vida de crianças do bairro da Luz Vermelha, em Calcutá. O aparente enriquecimento da Índia deixa de lados os menos favorecidos. Porém, ainda há esperanças. Os documentaristas Zana Briski e Ross Kauffman procuram essas crianças e munido de câmeras fotográficas pede para elas fazerem retratos de tudo que lhes chamam a atenção. Os resultados são emocionantes E enquanto as crianças vão descobrindo essa nova forma de expressar, os cineastas lutam para poder dar mais esperança, para as quais a pobreza é a maior ameaça à realização dos sonhos.

Fonte: www.interfilmes.com/filme_16244_nascidos.em.bordeis.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…