Pular para o conteúdo principal

Agenda Cultural

Espero que alguma das opções culturais seja de interesse dos usuários desse blog!

Diversidade dá o tom em 4 mostras


Por: ASTIER BASÍLIO



Quatro exposições estão em cartaz na Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Artes, em João Pessoa. Os temas são variados: poemas, personalidades paraibanas, o mar e o colorido das quadrilhas dão o tom das exposições.
Versos de autores paraibanos ganharam uma roupagem especial para a exposição do projeto ‘Parede Poética’. Os textos estão em banners, que medem 2 metros por 1,5 metro de altura, com ilustrações a partir de sugestões dos próprios poemas.
A curadoria é do escritor Políbio Alves. A mostra é bem variada. Há poemas de autores como Braulio Tavares, André de Sena, Águia Mendes, Antônio Mariano de Lima, Jessier Quirino, entre outros. O projeto ‘Parede Poética’ é promovido pela unidade do Sesc – João Pessoa.
PERSONALIDADES
W.J. Solha é um artista múltiplo. Em 1999, depois do insulto do jogador de futebol Edmundo à Paraíba, Solha resolveu dar uma sacudida na autoestima do povo paraibano e pintou 68 retratos de personalidades paraibanas. Estão expostos retratos de importantes nomes das artes paraibanas, como o poeta Augusto dos Anjos, do artista plástico Antônio Dias, do cineasta Walter Carvalho e do dramaturgo Paulo Pontes.

  • São João é tema de exposição
Quadrilha Junina é o título da exposição da artista plástica Marinez Lucena. São 16 telas em óleo sobre tela que compõem a mostra cujo tema central é a quadrilha junina. “Minha temática está entre a figura e a natureza onde sempre busco expressar minhas emoções”, disse Marinez.
Aquino Mendonça, por sua vez, se inspirou na paisagem litorânea para compor seus quadros. ‘O Mar à Vista’ é composta de 31 telas, em óleo sobre tela, em que trata da natureza representada pelo céu, pescadores e mar.

Disponível em : http://jornaldaparaiba.globo.com/v2008/vida.php?id=30775&IDNOT=6&rqv=y




Artista plástico Denis Cavalcanti parte da geometria para criar arte


Por: ASTIER BASÍLIO



Para os admiradores das artes plásticas na Paraíba, a exposição Geometria Sensível: Cor e Forma, do artista plástico Denis Cavalcanti fica em cartaz até a próxima terça-feira. Os quadros estão expostos no Hall de Exposições Energisa, em João Pessoa,
Sobre o seu processo de criação, Denis explica: “A base geométrica é um estudo de linhas e formas. Cada espaço é estudado antes, de maneira milimétrica. A partir do desenho já pronto, vou estudando toda a parte cromática e assim, desenvolvo a harmonização da forma e da cor”.
Ele continua: “Nem sempre o que aparece ali de imediato é o resultado que eu gostaria de ter. Então, vou alterando até chegar a um resultado satisfatório, até a obra ‘receber alta’”.
Dentre as principais inspirações de Denis estão Kandinsky, Vasarely, Alfredo Volpi, Luís Sacilotto e Rubem Valentim. Denis é natural da cidade de Patos e teve sua primeira exposição foi realizada em 2006, em João Pessoa.


Disponível em : http://jornaldaparaiba.globo.com/v2008/vida.php?id=30772&IDNOT=6&rqv=y



Karlene Braga

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…