Pular para o conteúdo principal

Um dos caminhos que levam à criação artística

Bom dia a todos. 

Depois da apresentação oficial e generosa que o professor Erinaldo fez da minha participação neste blog, gostaria de apresentar-lhes um pouco mais do meu trabalho e processo de criação. 
Então, publico abaixo algumas imagens e um texto que escrevi contando como é meu universo de criação. 
Para quem quiser conhecer mais, meu site oficial é http://perso.orange.fr/carmennovo

Um abraço e até breve,
Carmen Novo


Fotomontagem da série Para Onde Vou Quando Fujo de Mim, 2008


Detalhe da instalação De Tudo Fica Um Pouco, 1998

Mais uma imagem da instalação De Tudo Fica Um Pouco, 1998

Detalhe de Tenho Nuvens Nos Olhos, 1999

Primeiro bordado da série realizada durante a residência de artistas na França, em 2003

..........................

O universo feminino, as relações afetivas, o sonho, o medo, a sensação de solidão e a nostalgia são os principais eixos de minhas criações artísticas. Esses sentimentos aparecem no imaginário da menina da instalação Tenho Nuvens Nos Olhos, no ambiente carregado de marcas de memória de De Tudo Fica Um Pouco, no grande coração formado por peixes de Soamar, nas imagens naives dos bordados, nos desenhos e pinturas.

Meus trabalhos carregam também a cultura popular do meu país de origem, o Brasil, tanto no tratamento temático quanto na escolha dos materiais escolhidos. Sob forte influência dos índios, escravos africanos, colonizadores e de estrangeiros de outros lugares do mundo que formaram nossa população, somos um povo mestiço, crente, musical e artesanal. É por esse motivo que a música e a espiritualidade de nosso sincretismo, mais do que a religiosidade, estão muito presentes na minha obra assim como o aspecto rústico das matérias e cores.

Fazendo referência à simplicidade da vida brasileira, sempre trabalho de uma maneira quase devota, para que o trabalho dê uma impressão de ter sido feito por alguém que se concentra forte naquilo que deseja. Os bordados minuciosos, por exemplo, mostram cenas de amor. É um trabalho de pintura feita à agulha e linha, à mão, que exige um tempo enorme para a sua realização. O tempo aqui dá o peso e a conotação da devoção, como se as imagens criadas fossem um voto de quem lhes bordou. A opção por utilizar essa técnica que nos faz lembrar dos trabalhos manuais femininos, dos cursos de bordado frequentado pelas mulheres, foi deliberada.

A literatura e a música são também fontes de inspiração no que diz respeito ao processo de criação. Essas disciplinas me fizeram criar uma organização à hora de executar um projeto. Personagens invisíveis povoam meus trabalhos e são, com frequência, suas histórias que eu conto. Da mesma forma, escrevo textos para acompanhar as exposições e encomendo trilhas sonoras originais para algumas instalações.

A escolha das técnicas que utilizo nos projetos vai depender das idéias que desejo comunicar e das sensações que procuro despertar no público. O desenho, a pintura, a escultura, o trabalho em metal, o bordado, a fotografia e mesmo blocos de cimento já estiveram presentes nas minhas criações. 

Atualmente, eu trabalho com fotografia digital e fotomontagem.

 


Comentários

jac disse…
Mui belo seu trabalho. Sempre fui apaixonada em bordados e a forma como vc os utiliza em seu trabalho é muito cativante.
cristina Lima disse…
Parábens!
Sou arte educadora e em pesquisa na web sobre a arte da instalação encontrei seu trabalho. Estou desenvolvendo um trabalho com alunos do ensino fundamental, onde dou a eles livre acesso a arte visual em várias linguagens e neste projeto vamos trabalhar o meio ambiente e o seu belíssimo trabalho me servira como fonte de inspiração para desencadear em meus alunos o prazer pelo instalar.
Abraços e mais uma vez PARABÉNS!
Pró Cátia - Salvador - Bahia

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…