Pular para o conteúdo principal

Assisti e recomendo: O Curioso Caso de Benjamin Button


Sábado (31.01.2009) assisti ao filme "O Curioso Caso de Benjamin Button". Considero-o um filme excepcional, sobretudo pelos questionamentos que produz. O filme, apesar de seguir alguns clichês cinematográficos, o que parece ser inevitável, inova ao trazer cinematograficamente um roteiro muito interessante. O filme tenta responder a seguinte pergunta: como seria a nossa vida se nascêssemos velho e fôssemos rejuvenescendo?

O filme reforça uma visão existencialista ao tratar da importância de se viver intensamente cada momento, porque passam muito rapidamente. O filme questiona a morte, a vida, as fases da vida, as relações interpessoais, a passagem do tempo e a maneira como procedemos em diferentes situações. Considero-o um filme muito oportuno porque nos ajuda a tentar "otimizar" cada momento da vida, porque são extremamente fugazes.

O filme tem um efeito especial, maquilagem e fotografia exuberantes. Vale a pena ser inserido nas discussões das aulas de Artes Visuais, permitindo uma abordagem interdisciplinar. Pode ser explorado em diversas temáticas, especialmente quando se quer questionar ou refletir sobre as relações entre arte e morte, uma temática bastante explorada neste blog.


(Erinaldo Alves)


Ficha Técnica



  • Título Original: The Curious Case of Benjamin Button

  • Gênero: Drama

  • Tempo de Duração: 166 minutos

  • Ano de Lançamento (EUA): 2008

  • Site Oficial: http://www.benjaminbutton.com.br/

  • Estúdio: Warner Bros / Paramount Pictures / The Kennedy/Marshall Company

  • Distribuição: Warner Bros

  • Direção: David Fincher

  • Roteiro: Eric Roth e Robin Swicord, baseado em estória de F. Scott Fitzgerald

  • Produção: Ceán Chaffin, Kathleen Kennedy e Frank Marshall

  • Música: Alexandre Desplat

  • Fotografia: Claudio Miranda

  • Desenho de Produção: Donald Graham Burt

  • Direção de Arte: Kelly Curley, Randy Moore e Tom Reta

  • Figurino: Jacqueline West

  • Edição: Kirk Baxter e Angus Wall

  • Efeitos Especiais: Lola Visual Effects / Evil Eye Pictures / Matte World Digital / Savage Visual Effects / Hydraulx / Drac Studios / Asylum VFX / Digital Domain / Gentle Giant Studios / Ollin Studio / Special Effects Atlantic

Elenco:



  • Brad Pitt (Benjamin Button)

  • Cate Blanchett (Daisy)

  • Julia Ormond (Caroline)

  • Faune A. Chambers (Dorothy Baker)

  • Elias Koteas (Monsieur Gateau)

  • Donna DuPlantier (Blanche Devereaux)

  • Jacob Tolano (Martin Gateau)

  • Ed Metzger (Teddy Roosevelt)

  • Jason Flemyng (Thomas Button)

  • Tilda Swinton (Elizabeth Abbott)

  • David Ross Patterson (Walter Abbott)

  • Joeanna Sayler (Caroline Button)

  • Taraji P. Henson (Queenie)

  • Mahershalalhashbaz Ali (Tizzy)

  • Fiona Hale (Sra. Hollister)

  • Patrick Thomas O'Brien (Dr. Rose)

  • Danny Nelson (General Winston)

  • Marion Zinser (Sra. Horton)

  • Paula Gray (Sybil Wagner)

  • Taren Cunningham (Elizabeth Abbott - jovem)

  • Elle Fanning (Daisy - 7 anos)

  • Madisen Beaty (Daisy - 10 anos)

  • Peter Donald Badalamenti II (Benjamin Button - 1928 a 1931)

  • Robert Towers (Benjamin Button - 1932 a 1934)

  • Tom Everett (Benjamin Button - 1935 a 1937)

  • Spencer Daniels (Benjamin Button - 12 anos)

  • Chandler Canterbury (Benjamin Button - 8 anos)

  • Charles Henry Wyson (Benjamin Button - 6 anos)

Sinopse


Nova Orleans, 1918. Benjamin Button (Brad Pitt) nasceu de forma incomum, com a aparência e doenças de uma pessoa em torno dos oitenta anos mesmo sendo um bebê. Ao invés de envelhecer com o passar do tempo, Button rejuvenesce. Quando ainda criança ele conhece Daisy (Cate Blanchett), da mesma idade que ele, por quem se apaixona. É preciso esperar que Daisy cresça, tornando-se uma mulher, e que Benjamin rejuvenesça para que, quando tiverem idades parecidas, possam enfim se envolver.


Premiações



  • Recebeu 13 indicações ao Oscar, nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Brad Pitt), Melhor Atriz Coadjuvante (Taraji P. Henson), Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora, Melhor Som e Melhores Efeitos Especiais.

  • Recebeu 5 indicações ao Globo de Ouro, nas categorias de Melhor Filme - Drama, Melhor Diretor, Melhor Ator - Drama (Brad Pitt), Melhor Trilha Sonora e Melhor Roteiro.

  • Recebeu 11 indicações ao BAFTA, nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Brad Pitt), Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora, Melhor Maquiagem, Melhor Desenho de Produção e Melhores Efeitos Especiais.

Curiosidades



  • O conto de F. Scott Fitzgerald, no qual O Curioso Caso de Benjamin Button foi baseado, foi inspirado na famosa frase de Mark Twain: "A vida seria infinitamente mais feliz se pudéssemos nascer aos 80 anos e gradualmente chegar aos 18".

  • Na década de 90 Steven Spielberg esteve cotado para dirigir este filme, com Tom Cruise como protagonista.

  • Em 1998 Ron Howard esteve cotado para dirigir o filme, com John Travolta sendo o protagonista.

  • Spike Jonze esteve cotado para dirigir o filme.

  • Rachel Weisz foi sondada para interpretar Daisy, mas não pôde aceitar o papel devido a conflitos de agenda com outros filmes em que estava comprometida.

  • Este é o 2º filme em que Brad Pitt e Cate Blanchett atuam juntos. O anterior foi Babel (2006).

  • Brad Pitt precisava de 5 horas diárias para concluir a maquiagem necessária para Benjamin Button.

  • O diretor Danny Boyle decidiu adiar Solomon Grundy, um projeto pessoal, por considerar a história muito parecida com a de O Curioso Caso de Benjamin Button.

  • Inicialmente as filmagens seriam em Baltimore. O diretor David Fincher e o roteirista Eric Roth aceitaram mudar para Nova Orleans a pedido dos produtores, devido aos incentivos fiscais oferecidos caso as filmagens fossem na cidade.

  • Foi o 2º filme de grande orçamento a ser rodado em Nova Orleans após a passagem do furacão Katrina, em 2005. O anterior foi Déjà Vu (2006).

  • O orçamento de O Curioso Caso de Benjamin Button foi de US$ 150 milhões.

Trailers

Para ver o trailer acesse http://wwws.br.warnerbros.com/benjaminbutton/

Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/curioso-caso-de-benjamin-button/curioso-caso-de-benjamin-button.asp

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…