Pular para o conteúdo principal

SÍMBOLOS DA PAZ...

A cor BRANCA é a mais citada como um símbolo da Paz por representar a pureza, inocência e verdade. A bandeira branca é usada como um símbolo da Paz desde o renascimento, simbolizando o ato de se abrir mão das próprias cores para negociar a trégua em tempo de guerra. A bandeira da Irlanda possui uma faixa verde (catolicismo) e uma faixa laranja (protestantes) separadas por uma faixa branca simbolizando a Paz entre os dois grupos religiosos. Velas brancas também simbolizam a paz para diversas culturas e religiões, desde os antigos celtas até os católicos e judeus. [...]


Esta bandeira tornou-se conhecida mundialmente pelo Pacto de Nicholas Röerich de 1935 e é também um símbolo universal da Paz. Os três círculos centrais podem ser interpretados como a representação do passado, presente e futuro circundados pela eternidade. Também podem ser a religião, ciência e arte sendo envolvidos pela cultura. O símbolo é encontrado em várias culturas em todo o mundo, há milhares de anos. Parte do seu carisma é devido ao fato de não pertencer a nenhum grupo ou tradição, apesar de ser usado por vários deles até hoje. Seu tamanho padrão é de 85 cm de altura por 140 cm de largura, confeccionada em pano branco. No centro, um círculo vermelho-púrpura (rubi ou bordô), cujo aro mede 10cm partir da borda externa do círculo, tendo 60cm de diâmetro total. No centro branco do círculo há 3 esferas em vermelho com 12cm de diâmetro cada, dispostas em forma de triângulo ascendente.



Pombas da Paz de Fernando Botero. Localizadas no Parque de San Antonio, na cidade de Medellín, Colômbia, tem dimensões grandiosas (3m x 2,5m x 2,5m) e pesam 1.500 kg cada. A pomba original "El Pájaro", doada pelo artista colombiano, foi destruída no atentado de 10/06/1995 onde guerrilheiros colocaram uma bomba em sua base. Os estilhaços mataram 28 pessoas (7 crianças) e feriram mais de 200. Botero então fez uma réplica, que em 2000 foi colocada ao lado da original, simbolizando a PAZ.



O "Poste da PAZ" é um projeto que foi iniciado no Japão pela "The World Peace Prayer Society", uma organização sem fins lucrativos fundada em 1955 por Masahisa Goi. Já existem mais de 200.000 postes em mais de 180 países. Servem como marcos para que lembremos sempre da necessidade de visualizar e rezar pela Paz mundial. Os "Postes da Paz" são "plantados" em algum local público que possa ser dedicado a Paz, como praças, parques, universidades, jardins e locais de oração. Nada impede que uma cidade tenha mais de um "Poste da Paz". Pode ter 4 ou 6 faces, 8 pés (2,5m) de altura e é enterrado no solo. Existem versões para uso dentro de prédios, presos a uma base. Podem ser feitos de qualquer material, por exemplo com uma madeira típica da região ou metal. Em uma das faces é inscrita a frase "Que a paz prevaleça no mundo" no idioma do local onde é colocado. Nas outras faces a mesma frase em outros idiomas.



[...]Há milhares de anos o ramo de oliveira simboliza a Paz e boa vontade. Muitas vezes aparece junto com uma pomba branca. Como símbolo da Paz é encontrada: no símbolo das Nações Unidas; no selo do Governo dos Estados Unidos; nas bandeiras das Ilhas Virgens, da liga dos Estados Árabes, de Chipre e da Eritréia.

[...] A oliveira é uma das árvores sagradas. Cristo, quando se viu cansado e abatido, foi se refugiar no Jardim das Oliveiras. O floral Olive (Oliveira) é indicado para aqueles que se sentem cansados física e mentalmente. Parece ser uma árvore com poder reabilitador [...]


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…