Pular para o conteúdo principal

concurso para professor(a) efetivo nas áreas de artes - na UFPB

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

EDITAL Nº 14, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2007
CONCURSO PARA PROFESSOR DE 3º GRAU
O Reitor da Universidade Federal da Paraíba, no uso de suas
atribuições, considerando o disposto na Portaria Normativa Interministerial
MEC/MP nº 22, de 30/04/2007, publicada no DOU de
02/05/2007, alterada pela Portaria MP/MEC nº 224, de 23/07/2007,
publicada no DOU de 24/07/2007, torna público que estarão abertas
as inscrições para concurso público de provas e títulos no CENTRO
DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES, destinado a selecionar
candidatos para provimento de vagas de Professor de 3º
Grau, da carreira do Magistério Superior, pertencentes ao quadro de
pessoal desta universidade, observando o que dispõe o Decreto nº
4.175, de 27/03/2002, publicado no DOU de 28/03/2002 e a Portaria
MP nº 450, de 06/11/2002, publicada no DOU de 07/11/2002, e
subsidiariamente, no que couber, a Resolução nº 50/2007 - CONSEPE
e as normas contidas neste Edital.
1 - DOS CONCURSOS
CENTRO: Ciências Humanas, Letras e Artes
Departamento: Artes Cênicas
1.1.1.1-Concurso 01
Área de conhecimento objeto do concurso: Técnicas Vocais
para o Teatro
Área Conexa: Artes Cênicas, Humanas e afins
Requisitos Mínimos: Pós-graduação stricto sensu (Mestrado)
em Teatro, ou em Artes Cênicas ou áreas afins com experiência
comprovada na área de Técnica Vocal para o Teatro de no mínimo
02(dois) anos; Graduação (bacharelado ou licenciatura) em Teatro, ou
em Artes Cênicas, ou em Educação Artística (habilitação em Artes
Cênicas) ou áreas afins, com experiência comprovada na área de
Técnica Vocal para o Teatro de no mínimo 02 (dois) anos.
Numero de vaga: 01 (uma)
Regime de Trabalho: Dedicação Exclusiva
Classe: Assistente Nível I
Departamento: Artes Visuais
1.1.2.1-Concurso 01
Área de conhecimento objeto do concurso: Artes Visuais/
Linguagem Bidimensional
Área Conexa: Arte e Mídia, Design, Arquitetura, Comunicação
Visual e/ou Desenho Industrial.
Requisitos Mínimos: Doutorado em Artes e/ou Artes Visuais;
e/ou doutorado em área conexa (Arte e Mídia, Design, Arquitetura,
Comunicação Visual e/ou Desenho Industrial)
e Mestrado em Artes e/ou Artes Visuais;e/ou Mestrado em
área conexa(Arte e Mídia, Design, Arquitetura, Comunicação Visual
e/ou Desenho Industrial); e/ou Especialização em Artes e/ou Artes
Visuais;e/ou Especialização em área conexa(Arte e Mídia, Design,
Arquitetura, Comunicação Visual e/ou Desenho Industrial)
e Licenciatura em Educação Artística com habilitação em
artes plásticas e/ou Licenciatura em Artes Plásticas e/ou Licenciatura
em Desenho e Plástica e/ou Bacharelado em Artes Visuais (desenho,
pintura, gravura, fotografia, multimídia e/ou poéticas contemporâneas).
Apresentação obrigatória de portfólio, contendo 10 (dez) fotografias
no tamanho mínimo de 20 X 25cm de trabalhos artísticos de
sua autoria produzidos nos últimos 05 (cinco) anos.
Comprovação obrigatória de experiência de 02 (dois) anos
como professor de arte e/ou nas áreas conexas
Numero de vaga: 01(uma)
Regime de Trabalho: T-40
Classe: Adjunto Nível I
1.1.2.2- Concurso 02
Área de conhecimento objeto do concurso: Artes Visuais/
Linguagem Tridimensional
Área Conexa: Arte e Mídia, Design, Arquitetura, Comunicação
Visual e/ou Desenho Industrial
Requisitos Mínimos: Doutorado em Artes e/ou Artes Visuais;
e/ou doutorado em área conexa (Arte e Mídia, Design, Arquitetura,
Comunicação Visual e/ou Desenho Industrial) e Mestrado em Artes
e/ou Artes Visuais; e/ou Mestrado em área conexa(Arte e Mídia,
Design, Arquitetura, Comunicação Visual e/ou Desenho Industrial);
e/ou Especialização em Artes e/ou Artes Visuais; e/ou Especialização
em área conexa(Arte e Mídia, Design, Arquitetura, Comunicação
Visual e/ou Desenho Industrial) e Licenciatura em Educação
Artística com habilitação em Artes Plásticas e/ou Licenciatura
em Artes Plásticas e/ou Licenciatura em Desenho e Plástica e/ou
Bacharelado em Artes Visuais (desenho, pintura, gravura, fotografia,
multimídia e/ou poéticas contemporâneas).
Apresentação obrigatória de portfólio, contendo 10 (dez) fotografias
no tamanho mínimo de 20 X 25cm de trabalhos artísticos de
sua autoria produzidos nos últimos 05 (cinco) anos.
Comprovação obrigatória de experiência de 02(dois) anos
como professor de arte e/ou nas áreas conexas
Numero de vaga: 01(uma)
Regime de Trabalho: T-40
Classe: Adjunto Nível I
1.1.3 Departamento: Música
1.1.3.1-Concurso 01
Área de conhecimento objeto do concurso: Composição
Requisitos Mínimos: Doutorado em Música , ou em área
afim com qualificação comprovada na área de Composição, abrangendo
as disciplinas de composição,orquestração,transcrição e arranjo,
composição eletroacústica, harmonia, contraponto, estruturação,
linguagem, análise e percepção musical
Numero de vaga: 01(uma)
Regime de Trabalho: T-40
Classe: Adjunto Nível I
1.1.3.2-Concurso 02
Área de conhecimento objeto do concurso: Teoria da Música
Requisitos Mínimos: Doutorado em Música , ou em área
afim com qualificação comprovada na área de Teoria da Música,
abrangendo as disciplinas de musicologia, história da música, harmonia,
contraponto, estruturação, linguagem, teoria , análise e percepção
musical.
Numero de vaga: 01(uma)
Regime de Trabalho: T-40
Classe: Adjunto Nível I

O edital conpleto será publicado na página www.ufpb.br na próxima semana.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…