Pular para o conteúdo principal

9 - Criando um personagem: a imagem do outro

A sétima aula aconteceu no dia 21/05/2007 com as turmas do 6ºAno “A”, das 08h30min às 09h15min, e com a turma do 6º ano “B”, das 10h15min às 11h00min. O tema da aula foi o seguinte: Como eu vejo a imagem do outro?

Teve como objetivo a realização da criação de um trabalho de experimentação artística sobre a representação das diferenças visuais das pessoas.

Na turma 6ºano “A”, iniciamos os trabalhos na sala de aula, mas como o espaço é um pouco pequeno achamos melhor realizar o trabalho no pátio da escola. Pedi que pegassem os materiais e fizessem uma fila na entrada da sala. Em seguida, fomos ao pátio. Ao chegar lá distribuímos os materiais para cada grupo. Alguns (mas) trouxeram de casa tinta, lápis de cor, canetas coloridas, pincéis e tesouras. Eu levei materiais como papéis quarenta kilo para a base dos personagens, tintas guache, cola, TNT, retalhos de tecidos, pincéis, jornais para forrar e não sujar o chão e copos descartáveis par dividir as tintas e a cola entre os grupos.

Cada grupo pegou seu material, forrou o chão e começou a esboçar o personagem. Sugeri que um dos alunos de cada grupo deitasse sobre o papel e os outros cobrissem ao redor do seu corpo o molde do personagem.











– Turma 6ºano A - Criando personagem II


Na aula anterior, pedi que cada um desse um nome ao personagem e uma característica visual: como um negro, uma loira, um roqueiro etc. O alunado se mostrou bastante envolvido com a
atividade. Estavam adorando escolher tecidos diferentes para vestir seus personagens. Alguns (mas) fizeram combinações interessantes de cores, e cada um foi dando características pessoais ao seu personagem.











– Turma 6ºano A - Criando personagem I


Revesei-me na orientação dos grupos para auxiliá-los (as). Fui afortunada por contar com a presença de minha amiga e estagiária também da mesma escola com seu projeto, Juliana, que me ajudou a auxiliar entre um grupo e outro sobre a construção física do personagem, mas os deixando livres nas escolhas das texturas e das cores.No envolvimento com a atividade perdemos a noção do tempo, percebi que o tempo estava bastante curto e pedi que começassem a recolher os materiais. Solicitei que os que não tivessem terminado levassem para casa e trouxessem na próxima aula. Encerrei a aula lembrando-os da exposição que faríamos na aula seguinte.











-Turma 6ºano B - Criando o personagem I


No envolvimento com a atividade perdemos a noção do tempo, percebi que o tempo estava bastante curto e pedi que começassem a recolher os materiais. Solicitei que os que não tivessem terminado levassem para casa e trouxessem na próxima aula. Encerrei a aula lembrando-os da exposição que faríamos na aula seguinte.











-Turma 6ºano B - Criando o personagem II



No 6ºano “B”, iniciei a aula d
a mesma maneira que na turma anterior, mas como o pátio já havia sido limpo e considerando que a sala desta turma tem uma extensão maior, preferi que fizéssemos a atividade em sala de aula mesmo. Distribui os materiais e pedi que começassem a atividade forrando jornais no chão para não sujar a sala. Alguns (as) preferiram fazer sobre as carteiras, outros (as) preferiram o chão mesmo.

Eu e Juliana demos apoio aos grupos como na turma anterior, ajudando a tirar os moldes. Percebi que todos estavam envolvidos e participativos, mas havia dois alunos que tentavam atrapalhar sem participar de nenhum grupo. Chamei-os a atenção e pedi que entrassem num grupo, participando das atividades. Um deles aceitou e entrou num grupo; o outro disse que não ia participar, mas se aquietou.

Da mesma maneira que na turma anterior, pedi que me entregassem os que já haviam terminado e os demais terminassem em casa. Terminei lembrando-os de trazer os trabalhos na próxima aula e da nossa exposição.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…