Pular para o conteúdo principal

Proposta para a cultura e arte na UFPB

Em apoio à iniciativa do Prof. Marcello Bulhões, divulgo e referendo esta iniciativa...

link anexo que possibilitará aos professores e professoras a assinatura deste abaixo assinado. Abraços, Prof. dr. Marcello Bulhões o link é
http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N23165 E o texto abaixo á meu mesmo.
Manifestamos aos Reitoráveis da UFPB, que todos nós que através da cultura e arte, pensamos, criamos, executamos, desfrutamos, planejamos e pesquisamos as mais diversas linguagens da arte e cultura dentro dessa instituição, firmamos nosso apoio e damos publicidade ao pleito expresso neste manifesto, que nasce da premente necessidade de criação de uma Pró Reitoria, que concentre o conjunto de ações politicas específicas que atendam ao campo da cultura e arte dentro de nossa instituição.

Urge a criação e desenvolvimento de uma Pró-reitora específica, por ora intitulada PRACULT (Pró-Reitoria de Cultura e Arte) que, com dotação orçamentária própria e adequada para a cultura, possa implementar efetivamente uma política junto às demandas da arte e da cultura específicas da área produzidas por quem faz e habita a UFPB.

Este órgão terá as funções de gerir políticas democráticas, transparentes e participativas atuando no cadastro da produção em cultura e arte,no fomento, desenvolvimento e gerenciamento das diversas expressões artísticas que existem em nossa instituição, dando visibilidade e condições institucionais à estes grupos e pessoas, e possibilitando que, este disperso e assíncrono movimento cultural e artístico gerado na UFPB, tenha voz, corpo e alma.

Existimos, produzimos e fazemos esta Universidade existir no mundo. Com ações específicas, partindo de um órgão com gestão própria e orçamento específico para a área, poderemos fazer muito mais e melhor!

Por tudo isto e muito ainda por dizer e fazer na arte e cultura da UFPB, assino este manifesto!

Princípios Norteadores da PRACULT-UFPB

A PRACULT (Pró-Reitoria de Cultura e arte da UFPB), através de suas ações, terá no estabelecimento de sua política cultural os seguintes princípios norteadores:

1. Incentivo à produção cultural

Criação e ampliação sistemática de uma política de promoção específica da cultura e arte, oportunizando-a: na orientação pela democratização da cultura e da arte, pela prática e execução de editais de fomento específicos; através de seminários, exposições, publicações, shows, espetáculos, encontros, mostras e exibições cinematográficas; mediante apoio às produções locais, ampliação das práticas culturais atuais e apoio aos grupos e movimentos existentes, bem como o fomento à criação de novos grupos e/ou expressões culturais na UFPB;

2. Memória da Cultura/Arte

Resgate e preservação da trajetória das diversas contribuições que constituem a cultura e da arte, através de projetos que contemplam a memória cultural e social da cidade, do estado e da própria UFPB;

3. Arte-educação: formação e cidadania

Difusão da cultura e da arte, atuando na ampliação do acesso do público às diversas atividades culturais e artísticas, inclusive por publicações e cursos de extensão, aperfeiçoamento e especialização específicos;

4. Criação e Dinamização dos espaços culturais

Revitalização dos espaços culturais da universidade e criação de novos. Operando na revisão de suas infraestruturas, garantindo o gerenciamento eficiente da prática da cultura de qualidade e assegurando a contribuição exemplar da UFPB nas questões de conservação e preservação do patrimônio material móvel e imóvel;

5. Imagem da universidade

Fortalecimento local, estadual regional, nacional e internacional da imagem da UFPB pelas possibilidades da prática da cultura, agente propulsor de integração social, por intercâmbio de ideias e parcerias que assegurem a permanência e a evolução da cultura.

(Erinaldo Alves)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…