Pular para o conteúdo principal

CONTAMINAÇÕES - I SEMANA DE ARTES VISUAIS - UNIFAP









Colegas do blogger Ensinando Artes Visuais, venho comunicar a todos através dessa postagem a realização da CONTAMINAÇÕES - I Semana de Artes Visuais no período de 17 a 19 de outubro de 2011, no Anfiteatro da Reitoria da Universidade Federal do Amapá.

Este evento era um desejo singular de todos os acadêmicos do Curso de Licenciatura em Artes Visuais da Universidade Federal do Amapá/UNIFAP - professores, pesquisadores, técnicos administrativos e alunos. Todos vêm se articulando para compor e cumprir uma agenda que abra espaço, que discuta e reveja as circunstancias que envolve o ensino de artes visuais no Brasil e particularmente no Amapá na agenda do sec. XXI.

Essas preocupações além de mobilizar e movimentar a cena pedagógica para o ensino de artes visuais dentro da Instituição de Ensino Superior IES, constrói espaços de pensamento sistemático, reflexivo e produtivo para os saberes culturais de cunho cientifico.

A compreensão destas mobilizações se reveste numa poética de que ensinar também é um movimento de aprender e que pesquisar também é se envolver com todas as sensações do viver humano. Neste sentido ensinar e pesquisar se estende para ações que alcançam a compreensão do outro no ambiente acadêmico e fora dele, não os separando, mas dimensões interdependentes; Universidade e Sociedade.

E contaminados com esse ideal, a Coordenação do Curso de Artes Visuais convidou a Associação dos Arte-Educadores do Estado do Amapá para compor a I Semana Acadêmica de Artes Visuais através do III Seminário Estadual da Associação dos Arte Educadores do Estado do Amapá, no período de 20 e 21 de outubro de 2011, também nas dependências da UNIFAP.

Fruto da parceria e da amizade da UNIFAP com a Universidade Federal da Paraíba/UFPB foi possível viabilizar a presença na I Semana Acadêmica de Artes Visuais do prof. Erinaldo Alves do Nascimento, que com sua experiência e conhecimento na área de Ensino de Arte muito contribuirá para o sucesso do evento.

Sendo assim, encerro a postagem desejando que todos nesta perspectiva ampliarmos a compreensão de pesquisa, ensino e extensão numa contaminação com teorias, fundamentações, práticas pedagógicas e artísticas que revelem e ouçam vozes, vivencias e desejos de experienciar o tripé acadêmico- pesquisa, ensino e extensão - sem fragmentações.

Um abraço a todos.

Profs. José de Vasconcelos Silva e Silvia Carla Marques Costa - Coordenadores da CONTAMINAÇÕES - 2011



Comentários

Quésia lacerda disse…
nossa..foi uma experiencia marcante,apresentamos os e-poster ,uma previa do TCC ou TFG,,,jamais vou esquecer desse dia...

Postagens mais visitadas deste blog

RCNEI - Resumo Artes Visuais

Introdução:

As Artes Visuais expressam, comunicam e atribuem sentidos a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade por vários meios, dentre eles; linhas formas, pontos, etc.
As Artes Visuais estão presentes no dia-a-dia da criança, de formas bem simples como: rabiscar e desenhar no chão, na areia, em muros, sendo feitos com os materiais mais diversos, que podem ser encontrados por acaso.
Artes Visuais são linguagens, por isso é uma forma muito importante de expressão e comunicação humanas, isto justifica sua presença na educação infantil.

Presença das Artes Visuais na Educação Infantil:
Idéias e práticas correntes.

A presença das Artes Visuais na Educação Infantil, com o tempo, mostra o desencontro entre teoria e a prática. Em muitas propostas as Artes Visuais são vistas como passatempos sem significado, ou como uma prática meramente decorativa, que pode vir a ser utilizada como reforço de aprendizagem em vários conteúdos.
Porém pesquisas desenvolvidas em diferentes campos das ciências …

Arte como Educação e Cidadania - Por Ana Mae Barbosa

"Não é possível conhecer um país sem conhecer e compreender sua arte - essa é a opinião da professora Ana Mae Barbosa, da Escola e Comunicações e Artes da USP. "Um país só pode ser considerado culturalmente desenvolvido se ele tem uma alta produção e também uma alta compreensão dessa produção", declara. "A linguagem visual nos domina no mundo lá fora e não há nenhuma preocupação dentro da escola em preparar o aluno para ler essas imagens. O público quer conhecer; falta educação para a arte".
Na opinião de Ana, os professores do ensino fundamental e médio costumam priorizar a linguagem científica e discursiva, mas é preciso que o aluno tenha também uma alfabetização visual para compreender a linguagem que o rodeia em outdoors, na televisão, no computador. "É importante entender arte, que é a representação do país por seus próprios membros", ela ressalta. "E a configuração visual do país é dada pelas artes plásticas".
Ana afirma que até a décad…

Como fazer uma animação com bonecos!

Não é tão difícil fazer uma animação com bonecos e dá para ensinar aos seus alunos a partir de um passo a passo super simples e fácil que eu encontrei aqui pela internet onde explica para crianças como fazer uma animação com bonecos e curiosidades sobre como são feitos os filmes de animação com massa de modelar:

Conheça o passo a passo da animação com bonecos:

A primeira coisa a fazer é pensar na história e desenvolver um roteiro. Pode ser algo do tipo: "Um homem vai à padaria comprar pão, mas esquece o pão lá".

É feito o storyboard: quadrinhos com desenhos de cada cena, mostrando como será a ação do boneco e o enquadramento da câmera.

O modelista começa a construir os bonecos e cenários.

Com cenários e bonecos prontos, é hora de pensar na iluminação, como em uma filmagem convencional.

Começa a animação. São feitas 24 fotos para cada segundo de filme, que ao serem projetadas na seqüência, criam a sensação de movimento. Dependendo da ação, é possível reduzir esse número para 12 fot…